Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Poupar mais um pouquinho...

... com a escova de dentes!
Passo a explicar: os dentistas e outros profissionais da oralidade recomendam a mudança de escova de 2 em 2 meses, isto devido à acumulação de bactérias nocivas aos dentes e gengivas que vivem e reproduzem-se nas escovas (para pessoas com muita sensibilidade ou com forte tendência a infecções na boca reduz-se para mensalmente). Mas, para além disso, e durante o uso da dita escova, é necessário ter algumas precauções:
- passar bem a escova por água antes e depois de usada
- tentar tirar o máximo de água de dentro das cerdas depois de usada (com um pouco de papel higiénico, por exemplo)
- colocar uma capinha protectora, mas que tenha respiração
- lavar regularmente o copo ou recipiente onde fique colocada, retirando a humidade depositada.


Isto tudo previne muitas doenças, mas sejamos sinceros que dá algum trabalho diário - e queremos lá nós saber se a escova fica a pingar quando já estamos atrasados!

Comecei então a trocar de escova mais vezes - que me saída um pouco mais caro (e isto vezes 2 utilizadores) - e mais barato - tipo para contrabalançar - e foi assim que descobri umas escovas muito boas e bem baratas (marca branca) no Eleclerc. Não quero outras. Cheguei a comprar na farmácia, da Oral B (que continuo a gostar), com borrachas, com lava-língua, com tudo e mais alguma coisa, mas em conversa com o dentista ele frisou bem, o importante é mesmo a higiene e a forma como se usa a escova. Recomendou-me então que usasse um produto próprio para a desinfecção das escovas ou então que escaldasse tudo (escovas e copos) em água a ferver semanalmente. Isto iria permitir que mantivesse as escovas em perfeitas condições mais 1 mês! E com grande benefício para a saúde. Explicou que nós desinfectamos as casas de banho semanalmente e isso deveria acontecer com os utensílios também (porque nas casas de banho são libertados germes que se propagam com muita facilidade, principalmente em ambientes húmidos). Também é por isso que nunca se deve deixar a tampa da sanita aberta! Avisem os vossos rapazes disso!!! Nunca mais vão existir tampas para cima!!!

4 comentários:

  1. Querida Susana,
    Um tema bem interessante.
    Eu para desinfectar as escovas costumo mergulhá-las no copo com água oxigenada diluida em um pouco de água, até aos dentinhos faz bem uns pinguinhos, ajuda a branquear.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. huhu! Vivendo e aprendendo, sobre a tampa da sanita, já sabia dos perigos de contaminação, mas num sabia dessa de ferver a escova... Muito boas as dicas.

    ResponderEliminar