Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Combate à austeridade #19

No preço dos iogurtes...




Iogurte Cremoso C/Pedaços Morango Continente

emb. 500 gr

€ 1,62 / kg 
Preço € 0,81 / Unid.


Sim, eu também faço iogurtes em casa... mas, por vezes, não tenho tempo para esperar por eles, ou disponibilidade para os fazer, ou ainda pode acontecer de não estar para aí virada...

Então o meu truque para que não me saiam caros e visto eu gostar muito dos de pedaços é comprar o pote de 500 g, a  0,81, e dividir em casa por 4 potes dos meus! Fica a cerca de 20 cêntimos a unidade!!! E num iogurte de pedaços com muita qualidade!

Para que gosta de iogurte tipo grego, então se optar por esta ideia a diferença é enorme!!!

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Combate à austeridade #18


Andando acompanhado de uma calculadora ;)

É que esta resmada de promoções podem trazer, algumas delas, «não-promoções» encapuçadas, o que faz com que investamos dinheiro no que não interessa, parecendo à partida que vale a pena.

Assim, com a ajuda da fabulosa invenção da máquina de calcular dá sempre para ficar com a ideia correcta do preço por unidade ou quilo.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Combate à austeridade #17... ou dica para hidratação extra... ou para preguiçosas ;)

Com óleo de amêndoas doces!




Pensei em juntar ao meu gel de banho um bocado de óleo de amêndoas doces. Fica uma espécie de 2 em 1, pois no tempo frio a minha pele recente-se mais e no duche matinal (quer dizer, madrugador) colocar um hidratante frio deixa-me de cabelos em pé! Ainda mais tempo pouco, sai bem mais em conta e ganho também na disposição pela manhã ;)




sexta-feira, 23 de novembro de 2012

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Combate à austeridade #16


... com produtos de beleza/higiene caseiros!

É isso mesmo!!! Ando a criar uma espécie de lista de coisas das quais posso «abdicar» de consumir... do supermercado, claro!
Dando um exemplo: o do tónico facial. Comecei por deixar de comprar na perfumaria e a trazer do hiper, depois passei a comparar preços/qualidades/benefícios e, pouco depois, passei a trazer para casa água de rosas!!! Sim, água de rosas!!! E isso tem uma explicação lógica e racional...

Na minha gestão das prioridades, das leituras e da pesquisa do desperdício e futilidade, descobri que o que fica menos tempo aplicado (tanto na pele, como no cabelo) não tem necessariamente de ser dispendioso, pois o benefício retirado do produto é quase nulo.

O tónico serve um efeito adstringente na pele, ou seja, atenuar o desmaquilhante (este é outro que «mora» pouquíssimo tempo na pele) e fechar os poros.

Estando o orçamento a «apertar» prefiro «gastar» o valor deste(s) na qualidade do hidratante específico, pois é esse que vai verdadeiramente ficar sobre a pele!

Voltando à água de rosas, e indo mais além, mesmo!, vou passar a fazê-la eu mesma! ;)

Ando, como já tinha dito noutros posts, a coleccionar os doseadores vazios e um deles vai ser sem dúvida para esta experiência:

  • 4 porções de pétalas de rosas;
  • água (filtrada, de preferência, ou repousada no mínimo 5 dias) bastante quente;
  • Frasco de vidro com tampa de rosca.


Depois de macerar num lugar seco e escuro, filtrar e deitar no recipiente que se quer usar.

Outra dica genial é do desmaquilhante de olhos bi-fásico, ou seja, para maquilhagem à prova de água. Façam a experiência, que não só é maravilhosa, como resulta na perfeição e é muitíssimo económica:

  • 5 porções de água filtrada;
  • 1 porção de azeite;
  • 1 garrafinha pequena.


A água e o azeite não se misturam, portanto, tal como na utilização do bi-fásico convencional, têm de agitar antes de usar!

Mais dicas do género por aí? ;)

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Combate à austeridade #15


Fazer comida de um só tacho e a mais!

Esta é uma experiência que estou a desenvolver e que me tem dado muito certo: fazer comida a mais e se possível de «um tacho só». Não só poupo na energia como no tempo, cozinhando menos vezes e menos coisas. Resulta mesmo!!!

Mas para mim o mais importante que retiro desta experiência é a sensação de descanso que dá já ter o jantarinho pronto!!!!

Como tenho tarifa bi-horária semanal, tento fazer o máximo ao domingo, como umas bolachas para a semana, uns bolos (essa é outra dica, pois eu cozo sempre dois bolos ao mesmo tempo - consegui umas formas de silicone que cabem juntas no meu forno), dos quais um é partido ao meio e é congelado para quando falta, um assado, um arroz, etc., para além da sopa, claro!

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Combate à austeridade #14

Com detergente caseiro de laranja!!!



Num frasco colocar cascas de laranja, cobrir com vinagre e fechar o frasco. Deixar repousar 8 a 10 dias. Escorrer o líquido, de preferência para um frasco borrifador, e está pronto a usar!! Cheira bem e podem usar em toda a cozinha! Até para limpar o forno e frigorífico!!

Solução de limpeza e desengordurante de laranja!!
Funciona mesmo muito bem e é 100% natural e ecológica.

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Combate à austeridade #13

Com SOPA!

Pois é verdade, por várias razões, sendo a principal a minha cada vez mais crescente falta de tempo para cozinhar às horas a que chego a casa... mas também por essa razão não dever comer nada muito elaborado ou forte, ver se consigo emagrecer uns quilinhos e ainda diminuir o stress de planificar/fazer refeições para o fim do dia.

Tenho feito sopa na bimby, mas, como todos que a usam já devem ter percebido, esta maravilha não dá grande quantidade de sopa. Então, para reduzir não só o tempo despendido na confecção, mas também tentando aumentar a quantidade de sopa feita, tentei uma ideia que tive e que até não me saiu mal:
Vou colocando os legumes para a sopa partidos no copo da bimby e vou triturando (inclusive os que estiverem congelados). Vou acrescentando e triturando até chegar quase à marca do copo. Coloco água a ferver (do jarro, em 1 min.) até à mesma marca e programo 20 min./varoma/vel. 1 e na Varoma coloco os espinafres, agriões ou nabiças ou outro que queira.
A sopa vai ficar grossa depois de triturar no processo 1 min. 3-5-7, mas a ideia é mesmo essa... Depois disto, colocar os vegetais numa caixa (que seja já para guardar a sopa, por exemplo), colocar a sopa de seguida e depois ir acrescentando água a ferver até à consistência que mais se gostar. Sopa em 22 minutos!!!

A mim, este truque rende-me bastante: menos tempo despendido e mais quantidade!

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Combate à austeridade #12


Com borrifadores!!!
Pois é, vou abranger o meu uso de borrifadores cá por casa, até aproveitando algumas das embalagens de alguns produtos que já são neste sistema... E é mesmo a partir daí que me surgiu a ideia: «Durou-me muito este detergente em borrifador», digo eu para mim mesma depois de ver uma embalagem que comprei em promoção de um CIF para cozinhas e casas de banho de que gostei mesmo muito...

E é isso mesmo que vou fazer, usar essa mesma embalagem e colocar lá o detergente que comprar, de calhar até introduzindo um pouco de água e tudo.

Vamos ver como corre ;)


segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Combate à austeridade #11

 +  


Poupando no detergente da máquina de roupa!

Isto é uma óptima dica em continuação ao que já tinha falado sobre a utilização do vinagre:
Para uma tampa de detergente da roupa, metade é de vinagre!!! Vejam o testemunho aqui...
Excelente dica, não?

Eu já tinha falado aqui pelo blog de que deixei de comprar amaciador de roupa, pois não vejo na prática vantagem nenhuma, mas esta dica é bem capaz de fazer render o detergente ainda mais!

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Combate à austeridade #10

O VINAGRE!

É um autêntico investimento!
O vinagre, lá em casa, não é só para temperar... aliás, há duas categorias de vinagre: para Temperar e para Limpar!

Não uso muito vinagre em comida, mas gosto de ter um de cidra e um de romã, que é excelente...

Mas para limpar, uso qualquer dos mais baratos do mercado (cerca de 0,41 €/litro)!
Aplicações:

Chão: eu lavo o chão de madeira com água quente vinagre depois de aspirar;
Cozinha: desinfecto o frigorífico e os utensílios. Também substitui qualquer produto tipo Amukina;
Paredes, vidros e azulejos: para limpar, ficam como novos.

É recomendadíssimo para quem tem em casa alguém com alergias.

Vou coleccionar aplicações e vou acrescentado, pode ser?
E por aí há sugestões?

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Imbatível! Uma verdadeira poupança!

Está a iniciar a Promoção dos Brinquedos do Jumbo!

60 % de DESCONTO IMEDIATO!!!

Sim, sei que me vão dizer: «Mas o Continente também tem!»

Pois, e é bem verdade... e até é de 75 %, mas é em cartão e tem de se desembolsar uma tonelada de papel de uma vez! Eu andei a acumular algum valor em cartão para esta altura, mas não chega nem de perto nem de longe.
Mais, ainda há mais um pormenor, HÁ MUITO MAIS ESCOLHA e os artigos estão quase todos disponíveis, coisa que no Continente é pura sorte!

Vejam aqui ;)

Eu comprei os brinquedos TODOS, Natal e aniversários e supostamente a conta seria de 240 euros e ficou perto dos 96!

Boas compras!

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Combate à Austeridade #9

APROVEITAR MOLHOS!



Isto provavelmente vai soar-vos um pouco estranho, mas a verdade é que custa-me imenso deitar fora molhos de cozinhados... e neste momento e com esta conjuntura é um completo desperdício, não acham?

Pois eu passei a guardar, congelando e usando como caldos ;)
Se o molho for muito líquido ou aguado, fervo um bocado na Bimby para o concentrar mais um pouco. Posso adicionar, que pretender, ervas ou especiarias e até vinho (também os restinhos, claro). De seguida é usar o truque das covetes de gelo ;) (esta é mais uma das vantagens da minha Amiga Bimby).

Consegui, na última vez que fiz molho para strogonoff, que por norma faço com iogurte e leite, ir ainda mais longe: todo o molho que restou, que normalmente é bastante, foi usado num bolo salgado com tudo o que havia de «restos» no frigorífico! Ficou maravilhoso! Usei a proporção seguinte: para cada 100 g de molho, usei 100 g de farinha e 1 ovo pequeno (no meu caso foram só claras também, pois também estavam à espera de uso).

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Combate à Austeridade #8


Isto vai parecer-vos muito estranho, quase louco, mas é a mais pura das verdades...
Assumo:
EU TRAGO PARA CASA TUDO O QUE SÃO MONODOSES OFERECIDAS!!!!

Pronto. Que alívio. Assumi. Faço isto desde sempre!!!!! Nesta altura passei a ficar ainda mais atenta ;)

E entenda-se por monodoses tudo o que faz parte:

Açúcar
Adoçante
Pau de canela
Maionese
Ketchup
Mostarda
Palhinhas individuais
Compotinhas
Manteiguinhas

Sei lá! De tudo!!!

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Combate à Austeridade #7

ARRUMAR!!! Esta passou a ser a minha nova palavra de ordem!

Uma das coisas que aprendi com a minha experiência é que quanto mais arrumada estiver a despensa, o frigorífico e o congelador, menos stress me dá por deixar passar a validade dos produtos.

Se há ovos quase no limite e um iogurte, faz-se um bolo de iogurte, mesmo que já tenha um, pois posso sempre congelar ;)

A fruta faz compotas e doces ou arranja-se e vai a congelar...

Também em relação a medicamentos, pois os de venda livre aproveito para comprar agora com talões Well's do Continente já para o inverno e aos que estão a ficar no limite da validade deixo separados dos que já passaram ao entregar numa farmácia... (Há pessoas que não os podem comprar, lembrem-se disso...) Evita-se desperdício...

Que outras sugestões me dão?

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Combate à Austeridade #6


O Pão em casa

Como já disse por aqui, o pão lá de casa sou eu que faço. De 2 em 2 dias (alturas houve que era dia sim dia não, pois a máquina tinha uma cuba mais pequena) faço pão para os pequenos-almoços e para os meus bebés peludos (sim, eles adoram pão!)

Com a minha experiência «aprendi» várias coisas e uma delas é a poupar no tempo e no dinheiro gasto com o pão.

Para começar, faço sempre à noite antes de deitar... horário económico, tal como os iogurtes e as máquinas de roupa e loiça;
Também gosto de algumas farinhas pré-preparadas, que são caras, mas que faço render assim: metade de farinha pré-preparada e metade de farinha branca normal sem fermento sem mais nada! O pão fica igualzinho e a custar METADE do que custaria se tivesse usado só farinha pré-preparada! Dependendo da marca de fermento que usarem, até pode sair mais barato que fazer a mistura.
Continuo a preferir o fermento seco ao fresco, mas encontrei o que me satisfaz melhor em relação qualidade-preço: o do Eleclerc.

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Combate à Austeridade #5

Coisas que posso deixar de comprar...
... começando já a «apanhar» e armazenar!

Houve este cuidado da minha parte este ano em relação às pinhas. Senti-me completamente estúpida no Inverno passado a dar 2,5 euros por um singelo saquinho de pinhas para a lareira...

Então pensei numa listinha, ainda em desenvolvimento, claro, de coisas onde não pretendo gastar dinheiro ou diminuir os gastos:

- Pinhas (aproveitar os passeios low-cost, claro, daqueles que incluem piquenique caseiro e tudo, e levar sempre saquinhos para apanhar as pinhas, caso as encontre. Também aconteceu nas idas à praia ;)
- Louro (há loureiros por todo o Portugal! Os meus foram atacados por formigas nas raízes e tive de arranjar uma alternativa.)
- Amoras (apanhei 2,5 quilos de amoras!!!! fiz compota, congelei e ainda comi algumas assim simples)
- Marmelos (não sou apreciadora de marmelada, mas gosto da geleia e gostava de ver se inovava nas possibilidades de aproveitamento)

Alguém tem ideias para acrescentar à minha lista?

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Combate à Austeridade #4

Li algures aqui pelas «viagens virtuais» coisas muito interessantes sobre cabelos (antes de mais, peço desculpa por não mencionar onde, coisa que geralmente faço, mas seria uma lista, pois é da fusão de várias dicas que vou falar)... Poupar nos produtos de cabelo e continuar bem ou até melhor!

O meu cabelo é encaracolado, muito rebelde mesmo, fino, seco e com volume...
Sempre tive de usar máscara, pois com amaciador não ia a lado nenhum, depois de um bom shampoo e finalizando com um bom produto finalizador, daqueles que não se tira com água... depois secava só um pouco com o secador e ultimamente uso uma prancha pequenina para a frente. Tenho o cuidado de comprar produtos específicos para o meu cabelo, o que por vezes sai um pouco dispendioso, claro!

Tal não é o meu espanto quando leio, passados estes ANOS TODOS que ando a deitar dinheiro à rua!!!

Então cá vai o truque já testado e APROVADO: lavar e colocar amaciador, mas não retirar com água! Retirar o excesso com um absorvente (que pode ser daquele rolo de cozinha, mas eu uso a minha toalha e cabelo) e secar! RESULTA que é uma maravilha! E mais: por regra os amaciadores são bem mais em conta que as máscaras e os finalizadores nem se compara! E se eu usava daquilo em doses industriais!!!

Resumindo: Amaciador = máscara + finalizador

Combate à Austeridade #3

Depois do que vos falei sobre a minha poupança com o azeite, fazendo-o render desperdiçando o menos possível e encontrando no mercado o(s) de melhor relação qualidade-preço, eis que revelo outro dos meus truques/dicas que estou a implementar lá por casa...
USAR DOSEADORES!

É verdade, estou a reutilizar as embalagens de produtos que fui adquirindo com doseador numa primeira fase para agora só me preocupar com o preço-qualidade (e já não com a praticidade de uso) no momento da compra. Tal como este, que é de 500 ml, mas tenho uns de 750 ml, optei por transparentes básicos e aos quais dá facilmente para retirar o rótulo (porque eu coloco lá o do produto que estou a usar).

Passo a explicar melhor. A ideia que tenho, por experiência pessoal sobretudo, é que os produtos com doseador duram mais tempo, mesmo contendo os mesmos mililitros dos outros. Isso deve-se na esmagadora maioria das vezes ao simples toque no botão que nos dá já há partida a dose desejada (nem mais nem menos).
Isto no início de uma garrafa grande de gel de banho ou shampoo, em que por ser mais pesada deita mais conteúdo, desperdiçando-o, era uma coisa que me deixava com a sensação de cêntimos a ir para o ralo, e ainda mais a água por haver espuma a mais! Um verdadeiro desperdício!
E ainda há a possibilidade, no caso do shampoo, de lhe podermos acrescentar um pouco de água, já que os dermatologistas estão sempre a referir da demasiada concentração de produto.

Para a minha casa já encontrei os doseadores certos, mas isso fica para outro post ;)

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Combate à Austeridade #2

... para poupar no azeite!

Então aqui fica o meu truque.
Só cozinho com azeite e a minha primeira medida, aqui há uns tempos a trás, foi comprar dois tipos de azeite: um para temperar e outro para cozinhar... foi assim que conheci este azeite:

Houve um dia que me apeteceu saboreá-lo melhor numa salada e desde esse dia quase não compro outro, pois satisfaz-me plenamente! A embalagem é mais leve, com o mesmo conteúdo, claro, e é bem mais prática de arrumar no meu armário, pois não é redonda, mas meio quadrada! Atenção: este é AZEITE VIRGEM EXTRA em embalagem plástica, o que contribui bastante para o preço mais reduzido ;)

Mas esta embalagem é como as outras na sua esmagadora maioria no bocal: deixa «passar» muito líquido, o que faz com que se use mais quantidade do que a efectivamente necessária (isto eu já tinha percebido a propósito de terem aparecido as pop-up, mas que também as torna mais caras...).
Vai daí e pensei em usar isto:

Estão a ver o antigo galheteiro e a garrafinha com uma pop-up? Essa tampinha sai desta garrafa e entra no gargalo da de compra, sem eu ter de mudar o conteúdo!
A garrafa de vidro é usada noutra experiência minha: aromatizar azeite e usando uma rolha de cortiça =D


Espero que apreciem a dica ;)

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Ervas aromáticas - Secagem

Estamos a entrar na recta final para aproveitar as ervas aromáticas que dão para secar e criar óptimas infusões no Inverno ou até para presentes de Natal.

Para secar convenientemente vejam este vídeo ;)

http://youtu.be/48tW7kfRyhs

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Cápsulas compatíveis com a Nespresso

Tenho uma Nespresso Essenza já há uns bons anos (8-10?)... foi mesmo das primeiras deste modelo a serem vendidas ainda na única loja na altura daquela marca...
Mas como todos bem sabemos, se há coisa que a Nespresso não é é baratinha, principalmente quando comparamos com a concorrência que todos os anos vai alargando. E ainda bem! Para o consumidor concorrência, por norma, é sempre bom! ;)
No caso específico dos cafés, sendo eu uma apreciadora mas não tomando café diariamente em casa, soava sempre estranho comprar uma nova máquina quando a minha que continua como no primeiro dia não tem assim uma utilização tão grande...
Chegadas as férias, eis que os galões cá de casa e os cafés são mais que muitos e que ninguém nos tire tudo feitinho na Nespresso... mas o peso diário deste «gosto-prazer» começou a pesar... no bolso...
Cerca de 5 cápsulas/dia...

Mas, como já havia andado a «pesquisar» alternativas, desde reutilizar cápsulas (tenho sempre algumas guardadas para uma eventualidade), até à experiência com as Brown (que se revelaram não muito cativantes), não fiquei lá muito surpreendida quando ouvi/li sobre Cápsulas compatíveis com a Nespresso de variadíssimas marcas e preços.

De marca:

Nicola (já li sobre, mas ainda não encontrei à venda);
Torrie (encontrei no Intermarché, só versão Expresso - 2,99 euros) (parecido com o preto original, gostámos);




Também já ouvi falar da Bicafé e da Sical, mas não encontrei nada nas lojas...

Marca branca:

Continente (Intensu e Descafeinado - 2,19 euros) (o que mais surpreendeu pela positiva! Vale bem a pena!);
Jumbo (Expresso e Descafeinado - 2,19 euros) (à partida parecem da mesma proveniência dos do Continente, só mudando as cores da apresentação, mas ainda não tirámos bem o gosto ;));


Mas isto são informações para ir actualizando, verdade? =D

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Uma boa marca a metade do preço!


Nunca aqui o disse, mas uma das coisas que gosto é de cosmética e de produtos de beleza, em geral...
Mas o meu lado forreta faz-me tentar encontrar bons produtos ao melhor preço possível. É, para mim, o caso Olay, ainda esta marca não estava disponível nos supermercados e eu já era fã (só me lembro de a conseguir no El Corte Inglès, onde o aconselhamento e os produtos teste me convenceram sempre!)...


Agora, que há os básicos nos super e hipermercados, a escolha e comparação de preço é muito mais fácil. E as campanhas também ajudam, por isso, aqui vai a dica:


CONTINENTE - Hidratantes Olay (com embalagens que trazem de oferta mais um tester) a 50% de desconto em cartão! Vale bem o investimento, pois a poupança fica em cerca de 12 €!!!

Arroz de garrafa PET - incrível!

É ideal para acompanhar churrasco!!!

http://www.recordriopreto.com.br/portal/noticias/ODIyNw%3d%3d/aprenda-a-fazer-arroz-na-garrafa-pet.html

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Limpar com bicarbonato!

Meu Deus!!!
Eu já usava vinagre em higienização da casa, é barato e altamente eficaz, preservando as superfícies, mas o bicarbonato?
Eu gastava balúrdios para manter os ralos a escoar minimamente e afinal...
Espreitem só estas dicas!!!


Só visto, mesmo...

Quero aproveitar as flores caídas...


Como já disse várias vezes, tenho «um projecto de horta» que muito prazer me dá, mas donde tiro (e tento que ao máximo) o proveito que consiga...


Tenho uma laranjeira, pequenina e modesta, que nunca deu fruto, mas que já deu flor... foi uma tristeza enorme ver cair todas aquelas flores cheirosas pelas chuvas fortes... :(
Mas, este ano voltou a dar flor! E, apesar de o tempo estar mais ou menos a favor da minha pobre árvore, ela tem deixado cair algumas maravilhosas e perfumadas flores... Tenho-as apanhado do chão... todas! Mas também quero fazer algum aproveitamento delas, fazendo perdurar o aroma e dar-lhes alguma utilidade.


Lembrei-me de fazer essência... será que há por aí alguma sugestão caseirinha? ;)

terça-feira, 3 de abril de 2012

Para mais tarde recordar...





«Conselhos de uma avó...
Da minha precoce nostalgia

Por Maria Sanz Martins


Quando eu for bem velhinha, espero receber a graça de, num dia de domingo, me sentar na poltrona da biblioteca e, bebendo um cálice de Porto, dizer a minha neta:

- Querida, venha cá. Feche a porta com cuidado e sente-se aqui ao meu lado. Tenho umas coisas pra te contar.

E assim, dizer apontando o indicador para o alto: - O nome disso não é conselho, isso se chama corroboração!

Eu vivi, ensinei, aprendi, caí, levantei e cheguei a algumas conclusões. E agora, do alto dos meus 82 anos, com os ossos frágeis a pele mole e os cabelos brancos, minha alma é o que me resta saudável e forte.

Por isso, vou colocar mais ou menos assim:

É preciso coragem para ser feliz. Seja valente.

Siga sempre seu coração. Para onde ele for, seu sangue, suas veias e seus olhos também irão.

E satisfaça seus desejos. Esse é seu direito e obrigação.

Entenda que o tempo é um paciente professor que irá te fazer crescer, mas escolha entre ser uma grande menina ou uma menina grande, vai depender só de você.

Tenha poucos e bons amigos. Tenha filhos. Tenha um jardim.

Aproveite sua casa, mas vá a Fernando de Noronha, a Barcelona e a Austrália.

Cuide bem dos seus dentes.

Experimente, mude, corte os cabelos. Ame. Ame pra valer, mesmo que ele seja o carteiro.

Não corra o risco de envelhecer dizendo "ah, se eu tivesse feito..."

Tenha uma vida rica de vida.

(Vai que o carteiro ganha na loteria - tudo é possível, e o futuro é imprevisível.)

Viva romances de cinema, contos de fada e casos de novela.

Faça sexo, mas não sinta vergonha de preferir fazer amor.

E tome conta sempre da sua reputação, ela é um bem inestimável. Porque sim, as pessoas comentam, reparam, e se você der chance elas inventam também detalhes desnecessários.

Se for se casar, faça por amor. Não faça por segurança, carinho ou status.

A sabedoria convencional recomenda que você se case com alguém parecido com você, mas isso pode ser um saco!

Prefira a recomendação da natureza, que com a justificativa de aperfeiçoar os genes na reprodução, sugere que você procure alguém diferente de você. Mas para ter sucesso nessa questão, acredite no

olfato e desconfie da visão. É o seu nariz quem diz a verdade quando o assunto é paixão.

Faça do fogão, do pente, da caneta, do papel e do armário, seus instrumentos de criação. Leia.

Pinte, desenhe, escreva. E por favor, dance, dance, dance até o fim, se não por você, o faça por mim.
Compreenda seus pais. Eles te amam para além da sua imaginação, sempre fizeram o melhor que puderam, e sempre farão.

Cultive os amigos. Eles são a natureza ao nosso favor e uma das formas mais raras de amor.

Não cultive as mágoas - porque se tem uma coisa que eu aprendi nessa vida é que um único pontinho preto num oceano branco deixa tudo cinza.

Era só isso minha querida. Agora é a sua vez. Por favor, encha mais uma vez minha taça e me conte: como vai você?»



Fica registado, pois eu também quero ter esta conversa... se não for com netos, que seja com todos os que amo.

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Desejos... Máquina de costura IKEA

                                      (imagem IKEA)


É esta menina o meu desejo!!!
Bem sei que não sei costurar, mas esta é para principiantes! E eu quero aprender!!! Custa cerca de 90 euros e pelo que analisei na foto tem imensos pontos... QUERO!!!




sexta-feira, 30 de março de 2012

A Bimby!!!


Um dos meus desejos de sempre já está realizado!
Uma prenda de Natal e peras (dos sogros)!!!

Vou dando novidades, pois já tenho umas receitas bem jeitosas, mas para quem já domina esta «arte» deixo aqui a minha primeira criação:

http://www.mundodereceitasbimby.com.pt/receitas/7046/risotto-de-legumes-verdes-ou-do-que-houver.html

E pronto. É oficial. JÁ SOU UMA BIMBÓLICA ASSUMIDA!!!

quinta-feira, 29 de março de 2012